Em carta aberta, Daniela Araújo fala de erros e mágoas e pede orações: “Quero ser transformada”

Por Sandro meira para o portal CGIPU,
Publicado em: 04/01/18 - 09:17

O fim do silêncio de Daniela Araújo a respeito do escândalo do uso de drogas veio à tona pelas redes sociais, de forma simples e objetiva, mas também muito abrangente. Reconhecendo seus erros, afirmou que o medo foi o combustível para as escolhas erradas.

Nos últimos meses, a cantora esteve na Estância Paraíso, um retiro mantido pela Igreja Batista da Lagoinha (IBL) e administrado pela pastora Ezenete Rodrigues, que se dedica ao aconselhamento das pessoas que recorrem ao local.

Daniela Araújo foi arrastada para um escândalo com exposição pública em agosto de 2017, quando seu então namorado, Victor Romanini, divulgou áudios da cantora que expunham seu vício em drogas e um completo descontrole emocional. Desde então, a artista adotou uma postura de silêncio, quebrada apenas em outubro, quando ela pediu orações.

No dia seguinte, a artista voltou a usar as redes sociais para agradecer a ajuda recebida da pastora Ezenete: “Deus é bom e levanta pessoas especiais para nos acolher e nos direcionar no caminho [que é Cristo]. Pra. @ezeneterodrigues, obrigada pela paciência e por me ensinar, durante todo esse tempo que fiquei na Estância, que a graça de Deus superabunda o pecado. Obrigada por disponibilizar a sua equipe para acompanhar a minha jornada que está apenas começando. Amo muito vocês e já estou com saudades! Até breve!”, escreveu, na ocasião.

Agora, em 2018, Daniela Araújo voltou ao tema, agradecendo às pessoas que manifestaram carinho e que a criticaram, dizendo que essa circunstância abriu caminho para sua “cura”, já que no ritmo que sua vida caminhava, ela poderia terminar desistindo “de tudo”. 

Confira a íntegra da carta aberta publicada por Daniela Araújo em três partes:

Obrigada por todas as mensagens que vocês me mandam diariamente. Se vocês soubessem como são usados por Deus pra minha vida! Todos os dias Deus me mostra seu amor através de vocês. Desde criança, o mal trabalhava na minha mente para que eu me sentisse rejeitada pela Igreja, por às vezes me sentir sozinha em meus ideais e por ter sido abandonada por muitos que eu achava que eram companheiros de caminhada, principalmente os que um dia ajudei. Tudo isso foi coisa do mal, deveria ter encarado tudo de outra forma, mas não fui capaz. O que me rejeitou foi a religião! Graças a Deus não tenho mais mágoas, mas tudo isso me causou um sentimento de revolta. No ano de 2015 e 2016 me vi tão sozinha e desesperada, o que me levou a acreditar em mentiras e a fazer escolhas erradas e a quase desistir de tudo. Não estou justificando nada. Fui fraca e despreparada para a batalha, e a responsabilidade foi toda minha. E o pior aconteceu! Mas, quando pensei que seria que seria excluída para sempre do meu chamado, fui abraçada pelo povo verdadeiro de Cristo. A minha cura veio de vocês, tanto os que me abraçaram quanto os que me condenaram. Mas em todo esse tempo nunca perdi a esperança e a fé. Deus estava sempre comigo, não me deixava morrer, Ele me guardou. Muitos me cobram explicações, mas eu sei que terei a oportunidade de contar meu testemunho para a edificação de muitos. Na hora certa. E espero que vocês estejam presentes para que Deus seja glorificado. Quem nos justifica é Deus e é Ele quem faz a obra, obra que está apenas começando na minha vida.

Que para vocês, a partir de agora, eu não tenha mais rosto, nem nome. Que eu seja apenas um pequeno instrumento que Deus quer usar para que muitos sejam resgatados da escuridão desse mundo. Sei que nunca serei perfeita, mas fomos escolhidos e fomos separados para trabalhar para Deus. Que nesse ano a gente assuma nosso papel. Deus não está nem aí para números, para fama, para jogo de marketing, e nem para dinheiro que possuímos. Há plebeus em lugares de reis, e reis em lugares de plebeus. A chuva e o sol acontece para todos! Ele não está interessado nas nossas ações ‘em nome d’Ele’, mas nas nossas motivações das nossas ações, aquilo que só Ele vê! Qual a sua motivação? Deus está cobrando de nós uma fé sincera firmada na pureza do coração. Eu quero ser transformada por completo. Que Deus destrua por completo todas as velhas estruturas da religião, que eu consiga resignificar o queé preciso e que Ele nos dê coragem para renunciar o que nos atrapalha de progredir. Por favor, continuem orando muito por mim, quero estar preparada para cumprir tudo que vim fazer aqui. Não quero mais fugir de Deus. ‘Não quero me enganar, pensar que estou perto quando longe estou!’.

Obrigada, Deus, por todos que um dia me ajudaram e por todos que me prejudicaram. Obrigada, Deus, por todos que me aceitaram como sou… humana. Obrigada, também, por todos que um dia me rejeitaram, porque hoje eu só quero ser aceita por Ti! Obrigada, Deus, por todos que me criticam e não acreditam em mim! Deus, tenha misericórdia de todos que me perseguem e tentam me destruir, sei que seus anjos estão me protegendo e lutando por mim! Deus, continue me inspirando, não retire de mim o Teu Espírito. Por favor, Deus, eu quero discernir a Tua voz dentro do meu ser, então cala todos os ruídos! Nós precisamos voltar à essência da adoração e sentir Tua manifestação em nós. Olha pra gente e nos abrace com Teu amor! Eu Te amo e Te adoro desde que nasci e isso nunca vai mudar! Eis-me aqui! Eis-me aqui! Eis-me aqui!!!

gospelmais.com

 


Leia também

A IPU de Itamaraju comemorou o 43º Congresso do Circulo de Oração.

Grupo Jesus é a Resposta abrilhantou a abertura da festividade na IPU de Itamaraju - Ba.

A IPU de Itamaraju - Ba, realizou o 9º ELO da Campanha Ministerial em Clima Festivo.

A IPU de Caraíva e Nova Caraíva, em Porto Seguro - Ba, batizaram 7 novos membros.

A congregação do Centro, em Porto Seguro - Ba, realizou a 1ª Festa Conjunta.

Receba Notícias por celular


Ex.: DDD + número de celular. 73 9 9999-9999



2016 - Convenção Geral das Igrejas Pentecostal Ungida