Arqueólogos encontram “selo” do profeta Isaías em Jerusalém

Por Sandro meira para o portal CGIPU,
Publicado em: 22/02/18 - 10:40

A mão do próprio profeta Isaías pode ter feito as inscrições num selo de argila – chamada de bula – datado do século 8 a.C. e descoberto agora em escavações perto do Monte do Templo de Jerusalém.

De acordo com a arqueóloga da Universidade Hebraica Dra. Eilat Mazar, sua equipe descobriu a minúscula bula, ou impressão de selo, no Ophel, localizado no sopé da encosta sul do Monte do Templo. A descoberta foi publicada na quarta-feira em um artigo: “Esta é a assinatura do Profeta Isaias?” na nova edição de Revista de Arqueologia Bíblica.

A impressão tem a figura do que parece ser um cordeiro e a frase “motivo de bênção e proteção encontrado em Judá, particularmente em Jerusalém”. Contudo, por estar quebrada, a peça ainda precisa ser melhor estudada antes de um “veredito” final.

Na sua porção legível, há uma inscrição com as letras hebraicas usadas no período do Primeiro Templo, que parecem soletrar l’Yesha’yah [Pertence a Isaias]. Na linha abaixo, há a palavra parcial nvy, que significaria “profeta”.

“Como a bula está ligeiramente danificada no final da palavra nvy, não se sabe com certeza se originalmente terminava com a letra hebraica aleph, escrevendo a palavra hebraica para ‘profeta’ e não restaria dúvida que aquele era o selo usado como a assinatura do profeta Isaías”, esclarece Mazar.

A professora diz que “Sem o aleph no final, a palavra nvy provavelmente é apenas um nome pessoal. Embora não apareça na Bíblia, já foi vista em selos e uma impressão uma alça de jarro”. “O nome Isaías, no entanto, é muito claro”, disse ela.

O conhecido profeta bíblico Isaias viveu no final do século 8 e início do século 7 a.C. A bula que pode ter pertencido a ele foi encontrada perto de uma estrutura que começou a ser escavada em 1986-87 e hoje já se sabe que era uma “padaria real”.

Ela estava a cerca de 10 metros de distância de onde, em 2015, a equipe de Mazar descobriu a bula com a inscrição “do rei Ezequias de Judá”. O 12º governante do reino de Judá, Ezequias reinou entre 727 e 698 a.C., durante o período em que o reino do norte (Israel) caiu diante dos assírios. Cerca de 20 anos depois da derrota ao norte, Ezequias teve sucesso em impedir a investida assíria  contra Jerusalém.

por Jarbas Aragão


Leia também

A IPU de Guarulhos - SP, realizou o 21º Congresso do C. de Oração.

A IPU da cidade de Itabuna - Ba, realizou a 1ª Festa Conjunta.

A IPU de Cocão - BA, comemorou o 22º Aniversário do Circulo de Oração.

A IPU de Porto Seguro - BA, recebeu novo membros através do batismo.

Pb. Aquel implanta a IPU na cidade de Bragança Paulista - SP.

Receba Notícias por celular


Ex.: DDD + número de celular. 73 9 9999-9999



2016 - Convenção Geral das Igrejas Pentecostal Ungida