Ex-atriz pornô alerta: “A bondade de Deus leva as pessoas ao arrependimento”

Por Sandro meira para o portal CGIPU,
Publicado em: 25/01/18 - 05:25

A indústria pornográfica esconde em seus bastidores uma realidade muito cruel que poucos conhecem. Felizmente, ex-atrizes e atores desse mundo sombrio relatam suas experiências, alertando a verdade de sofrimento, humilhação, vícios, doenças e até mortes que cercam esse universo. Esse é o caso de  Brittni De La Mora.

Brittni veio a público após uma sequencia de cinco mortes de atrizes de filmes pornô chamar atenção da mídia. Entre elas estavam Oliva Lua, que lutou contra o vício em drogas e morreu no dia 19 de janeiro. August Ames, que tirou a própria vida ao se enforcar e Shyla Stylz, amiga de Brittni.

“Sempre que você entra em uma indústria tão obscura como essa, ela vem com portas abertas e, por isso, como eu estava procurando amor, era como se meu coração estivesse sendo esmagado quando não consegui encontrá-lo lá e a porta da depressão se abriu, as drogas e tentativas de suicídio surgiram no meu caminho”, disse Brittni em uma publicação no CBN News, explicando o que a motivou entrar na indústria pornográfica.

A verdade sobre a indústria pornô revelada por uma ex-atriz

Outra ex-atriz pornô, Shelley Lubben, também fez revelações assustadoras em seu livro “A verdade por trás da fantasia da pornografia”. No capítulo “Sob o Grande Topo”, resumido no site Opinião Crítica, ela conta detalhes de como o sofrimento é mascarado:

“De fato, a pornografia pode literalmente matá-lo. Desde o ano 2000, houve pelo menos 34 mortes relacionadas com drogas entre atores. Drinks oferecidos como vodca e batidas de Percocet anestesiam as mulheres o bastante para suportar atos sexuais ásperos de extrema humilhação”.

Em outra ocasião, Lubben que também se converteu a Jesus Cristo e atualmente luta contra a indústria pornográfica, disse que “Além de ser coagidas, enganadas e repetidamente expostas a doenças incuráveis e potencialmente fatais, muitas mulheres experimentam graves prejuízos nas partes internas do corpo”, referindo-se aos atos sexuais violentos e contrários à natureza do corpo feminino.

Assim como Lubben, Brittni também se libertou da indústria pornô através de Jesus Cristo. Atualmente, ela e o marido ministram o evangelho, alertando outras pessoas sobre os perigos da pornografia:

“A Bíblia é clara quando diz que a bondade de Deus leva as pessoas ao arrependimento”, disse ela, que acrescentou:

“Jesus morreu na cruz por todos, inclusive aqueles que têm um passado como o meu. Pelas prostitutas, os viciados em drogas, todos… porque Ele estava disposto a dar a vida por essas pessoas, precisamos ser as primeiras pessoas a expressar o Seu amor e não deixá-las no canto. Eles precisam do amor de Deus”.

gospelmais.com


Leia também

A IPU de Lisboa em Portugal, realizou o 5º Encontro de Profetas.

A IPU de Itapebi - Ba, comemorou o seu 16º Aniversário.

A IPU de Itagimirim - Ba, realizou o Pré Congresso do Circulo de Oração.

A IPU de Indaiatuba - SP, comemorou o 3º Congresso de Jovens.

A IPU do distrito de Itaporanga em Porto Seguro - Ba, realizou a 6ª Festa Conjunta.

Receba Notícias por celular


Ex.: DDD + número de celular. 73 9 9999-9999



2016 - Convenção Geral das Igrejas Pentecostal Ungida